Pousada do Rio Mutum - Barão de Melgaço, Mato Grosso, Brazil

Como Chegar na Pousada Rio Mutum

O ponto de referência para chegada ao Pantanal Norte é a cidade de Cuiabá, capital do Estado de Mato Grosso. Do aeroporto de Cuiabá até a Pousada do Rio Mutum - Pantanal Lodge a distância é de 130 km, dos quais 110 km em rodovia pavimentada e 20 km em estrada de terra batida. O tempo de viagem é de 02h30min a 03h00min na época da seca; nas cheias este tempo pode ser mais prolongado, dependendo das condições das estradas. Por ser uma estrada transpantaneira, no percurso pode-se observar as belezas da paisagem e também várias espécies de pássaros e animais de pequeno porte. Para chegar à Pousada em carro próprio existem dois acessos:
- Pela serra de São Vicente via BR 364, com entrada no trevo de Barão de Melgaço;
- Por Santo Antonio de Leverger, sentido Barão de Melgaço.
A pousada dispõe de serviço de transporte para este trajeto, em vans com ar condicionado.

Para maiores informações, contatar nosso escritório em Cuiabá. Tel: + 55 65 3052-7022
Fax: +55 65 3052-7023

  • mapa brasil rio mutum
  • mapa 2 rio mutum
  • Mapa acesso Pousada Mutum
Pousada do Rio Mutum
Central de reservas em Cuiabá
Barão de Melgaço, Mato Grosso, Brazil
Ligar: +55-65-3052-7022 / Emergência: +55-65-99603-3732

Info

A Pousada do Rio Mutum - Pantanal Eco-Lodge está localizada no município de Barão de Melgaço, numa das mais belas regiões do Pantanal de Mato Grosso Este município é conhecido como o mais pantaneiro do Estado de Mato Grosso. Com a extensão de aproximadamente 11.000 quilômetros quadrados, somente 3% desta área é constituída de terra firme. Esta é uma região privilegiada, por concentrar todo tipo de paisagem que compõe o ecossistema pantaneiro. A beleza natural e a rica biodiversidade desta parte do Pantanal formam um conjunto diferenciado pela singularidade de suas paisagens formadas por morros, savanas, rios, corixos, e enormes áreas alagadas, algumas temporárias e outras permanentes. O que mais impressiona neste maravilhoso cenário, é que a preservação de todas as espécies de vida existentes depende diretamente do ciclo e do ritmo das águas.